sexta-feira, junho 01, 2018

Prefeitura apresenta ações de requalificação do aterro sanitário em evento promovido pelas forças empresariais de Alagoinhas

 sexta-feira, junho 01, 2018  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

O Aterro Sanitário de Alagoinhas foi tema, nesta quarta-feira (30), de evento promovido no hotel Áster, pelo movimento “Apuras, Água pura , Sempre” , criado pelas forças empresariais de Alagoinhas (CDL, SICOMERCIO E ACIA), com o apoio de entidades de classe. O evento teve como objetivos, a divulgação do movimento e a apresentação das ações que estão sendo implementadas pelo poder público para a requalificação do aterro.

Diante de uma plateia formada por representantes da sociedade civil, políticos, empresários e jornalistas, o prefeito Joaquim Neto, o secretário de Infraestrutrura (SECIN), André Carvalho, o secretário de Serviços Públicos (SESEP), Harnoldo Azi, Yure Azi (CDL), Renaldo Barreto (CDL), Josival Fagundes(ACIA), José Carlos (SICOMERCIO), o vereador Pastor Lins e especialistas  apontaram os desafios e a necessidade de buscar o aprimoramento da destinação de cerca de 100 toneladas de lixo produzidos diariamente no município.

O “Apuras, Água Pura, Sempre” é um movimento sem conotação político-partidária, “que atua na defesa da qualidade da nossa água, por meio da conscientização das autoridades e comunidade em geral”. De acordo com o coordenador, Renaldo Barreto, a primeira ação do movimento foi buscar formas de acompanhar todos os processos relacionados ao aterro com vistas à construção de uma terceira célula, a Célula C, para o descarte do lixo. “A nossa intenção é preservar o nosso maior patrimônio, a nossa água, considerada a melhor do Brasil e a segunda melhor do mundo, evitando que os resíduos poluam o lençol freático, o solo e o ar. Para isso, foi criada, também, a campanha “Estamos de Olho, Prefeito”, para cobrar e acompanhar a construção de uma nova célula, o que vai ser essencial para uma melhor destinação do lixo”, afirmou o empresário.

Como ação de caráter emergencial, para atuar durante 180 dias – enquanto o processo regular de licitação para a empresa definitiva, não fosse concluído – a  SUSTENTARE Serviços Ambientais tem trabalhado desde o dia  02 de fevereiro de 2018 para a execução da requalificação, do recebimento de resíduos, do monitoramento e do licenciamento ambiental do aterro. Em sua apresentação, o engenheiro da empresa, Denilton Salomão, elencou e mostrou fotos e vídeos de todas as ações desenvolvidas no aterro, a exemplo da remoção de todo o lixo espalhado e das poças de chorume, requalificação das células existentes, recuperação das canaletas e sistemas de drenagem interna de chorume, recuperação do sistema de drenagem de biogás, criação de estabilidade do aterro, recuperação da cerca, entre outras. “Estas são as ações de requalificação nas quais estamos trabalhando neste processo intermediário, até chegarmos a um processo futuro, que prevê a construção de uma nova célula para recebimento dos resíduos e, consequentemente, o encerramento das duas outras células, até o momento em que serão reativadas”, explicou Denilton.

O secretário da SESEP, Harnoldo Azi, destacou o empenho da atual gestão em dar celeridade à aplicação das boas práticas de operação do aterro sanitário, um equipamento construído há cerca de 20 anos, mas que até aqui, não tinha sido administrado de forma adequada, trazendo danos ambientais para o município.

“Reitero nosso compromisso de oferecer para Alagoinhas um descarte responsável de seus resíduos, para isso, ações estão sendo tomadas. Além da contratação emergencial da SUSTENTARE, já temos na mesa, uma minuta de uma Lei Municipal para coleta seletiva, já fizemos um levantamento de todas as ruas com os maiores vetores de lixo, onde pretendemos colocar containers para entrega dos materiais selecionados e já abrimos processo de licitação para construção da célula e para a empresa que terá contrato de longo prazo para a operação e manutenção do aterro sanitário”, garantiu Harnoldo Azi.

A apresentação do plano de trabalho para a construção da célula c, e das informações sobre todas as etapas dos processos licitatórios foi conduzida pelo Secretário de Infraestrutura (SECIN), André Carvalho, cuja pasta foi responsável pela elaboração do projeto.  “A CLAM engenharia, empresa contratada pela prefeitura para os projetos da SECIN, nos prestou a consultoria para elaboração do modelo e cronograma de obras da nova célula. São muitos os critérios e trâmites, mas a nossa equipe está junto com a SESEP, dando todo o suporte para agilizar o andamento dos processos“, ressaltou.

Diante das relevantes exposições, o prefeito Joaquim Neto encerrou o evento, afirmando que o objetivo do encontro foi alcançado: ”Fico muito satisfeito em ver a adesão e o comprometimento de todos aqui presentes para solucionarmos um problema muito sério, que é a destinação do lixo. Estamos trabalhando para cumprir todas as etapas e exigências para aprovação dos recursos, e faremos o possível para que, já no próximo ano, Alagoinhas tenha um aterro que seja modelo para o estado e para o país”.

Fonte: SECOM PMA


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top