segunda-feira, abril 23, 2018

Segmentos sociais de Inhambupe declaram apoio aos professores municipais contra projeto de lei que promove cortes em seus vencimentos

 segunda-feira, abril 23, 2018  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

A insatisfação popular com o projeto de lei que modifica parcialmente o estatuto dos professores da rede municipal de ensino de Inhambupe cresce a cada dia. Antes restrito a categoria dos educadores, diversos setores da sociedade tem se posicionado contra a aprovação do projeto.

O projeto de lei, segundo os educadores, acaba por promover significativos cortes em seus vencimentos. De acordo com eles, pelo projeto enviado pela prefeitura à Câmara Municipal em caráter de urgência, um professor com pós graduação terá um corte de 70% em cima do salários, já o professor com graduação terá um corte acima de 50%.  A prefeitura alega que o projeto é necessário para resolver o problema financeiro do município.

O Movimento Novo Comércio de Inhambupe anunciou apoio aos professores na sexta-feira(20) e desde então começou uma campanha nas redes sociais em solidariedade a categoria. Na peça divulgada pelo movimento consta a seguinte frase “Professor merece RESPEITO! Não existe EDUCAÇÃO quando o ator principal do processo educacional é maltratado!”

Áudios que circulam nas redes sociais em que vereadores articulam a aprovação do projeto e tratam de maneira pejorativa os professores tem causado repúdio também entre o povo inhambupense.

O site News Infoco teve acesso a esses áudios. Em um deles um vereador se queixa da pressão nas redes sociais. “O que me revolta é ver alguns vereadores se deixar levar por dois ou três votos de professores” diz ele em um trecho do aúdio e prossegue dizendo “Não devo nada a professor”.

Em outro áudio, um outro vereador tenta convencer um colega a votar a favor do projeto da prefeitura. Ele diz: “vereador o que me revolta é ver vossa excelência ver todas as criticas dos professores que não tem o menor respeito por nossa classe. Nos acham uns crápulas, ladrões, corruptos e você ainda quer votar a favor de 500 professores?!… Na sua grande maioria eles(professores) não tem condições de estarem ensinando numa sala de aula e estão levando o dinheiro do nosso município”.

A indignação pelo conteúdo desses áudios partiu até de um padre da cidade, que decidiu se posicionar sobre o tema e criticou o modo como os vereadores tem se dirigido a classe dos educadores.

A discussão para aprovação do projeto de lei está marcada para terça-feira(24) na Câmara de Vereadores de Inhambupe e é esperado grande presença de professores e simpatizantes no local. A pressão sobre os vereadores é grande e há bastante expectativa no posicionamento de cada um deles diante do projeto.

Fonte: News in foco


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top