sábado, abril 14, 2018

População que vive em pobreza extrema cresce em 11% e atinge 14,8 milhões de brasileiros

 sábado, abril 14, 2018  |  Redação PAN  Brasil

Em um ano, mais de 1 milhão de pessoas passaram a viver em situação de pobreza extrema no Brasil, de acordo com Levantamento da LCA Consultores, a partir dos microdados da Pnad Contínua, divulgada nesta quinta-feira (12/4) pelo IBGE.

Os números subiram de 13,34 milhões em 2016 para 14,83 milhões no ano passado, o que significa aumento de 11,2%. Com o aumento, a porcentagem de pessoas nesta condição pulou de 6,5% para 7,2% no período de um ano. Os dados assustam mesmo o país tendo apresentado queda da inflação e do início de recuperação da atividade econômica.

É considerada em extrema pobreza a pessoa que tem renda domiciliar per capita de US$ 1,90 por dia ou R$ 136 por mês. O cálculo da pobreza extrema considera todas as fontes de renda – trabalho, previdência ou pensão, programas sociais, aluguéis e outras fontes.

Todas as regiões exibiram indicadores piores de pobreza. O Nordeste é a região que concentra o maior número da população extremamente pobre, 55%. No ano passado, eram 8,1 milhões de pessoas na região com renda per capita abaixo de R$ 136, boa parte concentrada na Bahia e em Pernambuco.

Fonte: Aratu Online


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top