terça-feira, abril 24, 2018

Após forte resistência popular, presidente da Câmara Municipal de Inhambupe adia votação do projeto de lei que promove cortes nos salários dos professores municipais

 terça-feira, abril 24, 2018  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Após a mobilização ocorrida nesta segunda (23) em Inhambupe, que reuniu cerca de 2000 pessoas, o presidente da Câmara Municipal decidiu se pronunciar. Em um vídeo gravado, com pouco mais de 3 minutos, o vereador Jeovan Vieira anunciou que retirará da pauta desta terça-feira(24) a discussão do projeto de lei que promove cortes nos salários dos professores municipais.

O presidente da Câmara informou que solicitou da prefeitura municipal, após o recebimento do projeto de lei, os seguintes dados: Impacto na folha do pagamento do município, perda salarial em média de cada nível, impacto do índice de pessoal  do executivo, folha analítica da educação e que até o momento não obteve retorno.  Pela importância da matéria, o presidente informou a retirada do projeto até que estas informações cheguem até a Câmara de Vereadores.

Nos bastidores o que se comenta é que devido à pressão popular e as criticas de parte da imprensa, alguns vereadores da base se negaram a aprovar o projeto. Percebendo que não conseguiria o quórum mínimo para a aprovação do projeto, a gestão Nena articulou com o presidente da Câmara o adiamento da votação.

A insatisfação popular contra a proposta foi tão contundente que afetou o relacionamento entre o executivo e alguns de seus apoiadores. Vereadores da base tem se queixado do desgaste, segundo eles desnecessário, promovido por uma atitude precipitada do gestor municipal.

Pessoas próximas a vice-prefeita Izabel Silva, em contato com o News Infoco, comentaram o desconforto dela com a proposta defendida pelo prefeito Nena que acaba por promover cortes nos salários dos professores. Segundo essas pessoas, a vice-prefeita tem dito que Nena tem descumprido promessas de campanha, inclusive a de não promover cortes nos salários de servidores.

O estremecimento da relação entre a vice-prefeita e Nena pode ser o prenuncio de um rompimento.

“A impopularidade do atual gestor é uma realidade no município, acentuada pela incapacidade de dialogar com os diversos segmentos da sociedade inhambupense. Tal desgaste dificulta a defesa da gestão por parte de seus apoiadores e acaba por afastar aqueles que hoje fazem parte do governo”, disse uma pessoa próxima a vice-prefeita.

Professores municipais de Inhambupe vão às ruas contra projeto de lei que promove cortes em seus salários

Hoje(23) os professores da rede municipal de ensino da cidade de Inhambupe foram as ruas protestar contra o projeto de lei de autoria da prefeitura que modifica parcialmente o estatuto dos professores e acaba por promover cortes em seus salários.

De acordo com eles, se o projeto for aprovado, um professor com pós graduação terá um corte de 70% em cima do salários, já o professor com graduação terá um corte acima de 50%.  A prefeitura alega que o projeto é necessário para resolver o problema financeiro do município.

A manifestação ocorrida hoje, além dos professores, contou com a adesão de alunos, pais dos alunos, juntando quase 2.000 pessoas que protestaram pelas ruas da cidade. Pelo caminho, comerciantes e populares se solidarizavam com os manifestantes.

Por causa do ato, as escolas municipais não tiveram aula.

Fonte: News in foco


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top