sexta-feira, março 16, 2018

Ministério do Trabalho encontra mão de obra escrava ligado a seita religiosa em fazendas na Bahia

 sexta-feira, março 16, 2018  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

O Ministério do Trabalho nesta quinta-feira (15/3) autuou proprietários de três fazendas nos estados de Minas Gerais, Bahia e São Paulo por uso de mão de obra escrava.

Na Bahia, as cidades de Ibotirama, Luiz Eduardo Magalhães, Wanderley e Barra fizeram parte da operação, batizada de ” Canaã – A Colheita Final”, que encontrou nos três estados 565 trabalhadores em condições análogas às de escravo, 438 sem registro em carteira e ainda 32 menores em atividade proibida.

De acordo com o governo, os trabalhadores prestavam serviço a uma seita religiosa conhecida como Comunidade Evangélica Jesus, a Verdade que Marca. Eles trabalhavam em fazendas de cultivo de hortifrutigranjeiros, além de postos de gasolina, restaurantes e cafés do grupo.

Após ser aliciado pelo grupo, os trabalhadores eram convencidos a doar bens para as associações controladas pela organização e a se mudar para as comunidade nas quais laboravam.

Fonte: Aratu Online

Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top