sexta-feira, março 02, 2018

“Me chamou de ‘marginal’ e não gostei”, diz Kannário sobre o comandante-geral da PM baiana

 sexta-feira, março 02, 2018  |  Redação PAN  Política

O cantor e vereador Igor Kannário, considerado o “príncipe do gueto”, esteve no palco do programa Universo, da TV Aratu, nesta sexta-feira (2/3), e falou sobre sua participação no carnaval deste ano. Apesar do sucesso de sua pipoca na festa, que puxou millhões de pessoas no circuito Osmar, no Campo Grande, Kannário aproveitou a oportunidade para falar sobre as recentes polêmicas envolvendo seu nome.

O “príncipe do gueto” se emocionou ao comentar sobre as notícias que tem saído sobre ele na mídia. No Carnaval, Kannário foi alvo de críticas da Polícia Militar que fazia a ronda durante a festa. Durante a passagem de trio, o cantor parou algumas vezes para reclamar das atitudes de policiais, que considerou violentas. Em resposta, a PM se pronunciou, afirmando que sua apresentação tinha sido um “mau exemplo”.

“Eu acho que as autoridades tinham que me usar, por que só eu tenho essa moral dentro do gueto, para pedir paz dentro da favela”, falou, ao bater no peito. Kannário também comentou sobre sua história, ao afirmar que a música o tirou do mundo do crime e das drogas. “Enquanto a polícia militar, fica me chamando de marginal? Cadê o marginal aqui?”, questionou.

Na oportunidade, Igor Kannário aproveitou para mandar um recado para o coronel Anselmo Brandão. “O comandante da Polícia geral usou uma palavra, que comandante nenhum deveria expressar. Ele me chamou de ‘marginal’, e eu não gostei […] Eu tenho coragem de dizer que ele está errado, de perto e olhando no olho dele. Os marginais estão na rua, e era com isso que você deveria se preocupar”, enfatizou.

O cantor se posicionou também sobre a atuação da PM, criticada por ele durante o Carnaval. “Eu não tenho nada contra a instituição, mas, os seus soldados são mau treinados. Seus soldados tem que ser mais bem treinados, para serem capacitados a lidar com a população”, e acrescentou “Atrás de mim não vão marginais, vão pessoas que não tem condições de comprar um abadá”. O artista chegou a declarar ainda que está sendo ameaçado de morte, e que as recentes notícias sobre ele tem abalado sua carreira.

NOVA MÚSICA

Além de cantar alguns sucessos como “Novinha Pode Pá” e “Embrazando Tudo”, o artista também apresentou sua nova música de trabalho, em parceria com Marcelo Falcão, que deve ser lançada nas rádios e plataformas digitais a partir deste sábado (3/3). Na nova música, Kannário pede “proteção para o povo do gueto”.

Fonte: Aratu Online


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top