segunda-feira, dezembro 11, 2017

Quedas constantes de energia irritam esplanadenses no fim de semana

 segunda-feira, dezembro 11, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Constantes quedas de energia tiraram o consumidor do sério no último fim de semana em Esplanada. Moradores de vários bairros do município relataram nas redes sociais o problema que começou na última sexta-feira e se estendeu pelo sábado e também no domingo com quedas rápidas durante o dia. Alguns povoados e assentamentos passaram o domingo inteiro sem energia. 

Manutenções realizadas sem aviso prévio pelas prestadoras de serviços da Coelba, pegaram muitos de surpresa. Em algumas localidades, passaram-se horas sem o restabelecimento do serviço.

Usuários também reclamaram do "vai e vem" da energia, aquele momento em que fornecimento é interrompido e em segundos restabelecido. Neste caso em especial, o risco é de curto em aparelhos eletroeletrônicos que não suportam a carga e descarga de energia repetidamente e acabam queimando. 

Dentre as variadas reclamações, os prejuízos com a queima de equipamentos eletrônicos e elétricos são destaque. A oscilação, sobrecarga ou queda da energia elétrica podem acarretar imensuráveis prejuízos que vão não só da queima de equipamentos eletroeletrônicos, como perecimento de produtos, perda de medicamentos, e ainda prejuízos como a paralisação na produção de empresas pela falta da energia por longo tempo, entre outros. 

Muitas vezes o usuário por falta de informações ou até por não acreditar no êxito da reclamação para ressarcir os prejuízos sofridos acaba arcando com o prejuízo por completo. Todavia, existe instrução normativa, bem como retirados entendimentos jurisprudenciais que alicerçam a necessidade e reparação ao usuário. 

Um dos argumentos utilizados pela concessionária de energia do Estado é a alegação de eventos da natureza, o que supostamente a isentaria da responsabilidade em reparar os prejuízos. E ressalta-se que muitos processos administrativos que solicitam ressarcimento são indeferidos com base nessa argumentação. Contudo, muito embora as chuvas e os raios constituam eventos naturais, existe a responsabilidade objetiva da concessionária de energia pelas oscilações da rede elétrica. 

Desse modo, em caso de danos por oscilações, faça o requerimento no prazo de até 90 dias contados do evento que causou o dano. Ou no caso de danos além dos materiais, recorra diretamente à Justiça.

Um contato com o escritório da Coelba regional em Alagoinhas através de e-mail no fim de semana foi realizado pela reportagem, entretanto, até o momento não resposta foi obtida.

Fonte: Esplanada News


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Política de PrivacidadeTermo de Uso
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2018
back to top