quinta-feira, novembro 09, 2017

Dez mil pessoas visitam os cemitérios de Alagoinhas durante o dia de Finados

 quinta-feira, novembro 09, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

O destino final de todos os seres humanos, já está traçado! Trata-se do cemitério, embora muitos não desejem, falar sobre o assunto.

Sem duvida o dia 02 de novembro é a data em que os túmulos são mais visitados. A saudade que ficou, deixada por ente queridos, amigos, personalidades do mundo artístico, e alguns políticos, enfim a lembrança acaba levando milhares de pessoas a este espaço que gostaríamos, de não existir.

A tradição católica teria se iniciado na época do cristianismo primitivo que se desenvolveu sob as ruínas do Império Romano, quando os cristãos rezavam por seus mortos, mártires nas catacumbas subterrâneas da cidade de Roma.

Em Alagoinhas, cidade do interior baiano, aproximadamente dez mil pessoas, visitaram os 6 cemitérios existentes no município, segundo informações de Valquírio Souza Cerqueira, responsável pela área de cemitérios.

São eles: Jardim da Saudade, localizado na Praça da Saudade, com 6.000 túmulos.

Jardim Paraiso da Saudade na Calú, que até o dia (02/11) tinha cerca de 7.000 túmulos.  
Riacho da Guia, com 1.500.

Boa União, com 220 sepulturas.

Estevão e Sauipe, 100 e 120 sepulturas respectivamente.

Foram celebradas missas e orações foram feitas no local.  

Segundo a Coordenação Geral de cemitérios, há três meses vêm sendo feito os preparativos para essa data, que contou com o apoio de vários funcionários, Policia Militar e Guarda Municipal. Ele acrescentou ainda, que tinha pessoal suficiente para dar suporte de pessoas que tivessem dificuldade em encontrar sepultura de ente queridos, localizando-as.

O coordenador da SESEP aproveitou a oportunidade para convidar todas as pessoas que têm sepulturas de parentes em um desses locais, ora mencionado, a comparecerem no setor responsável, localizado na Secretaria Municipal de Serviços Públicos, que funcional da Rua Dr. Carlos de Azevedo s/n (Antiga Rua da Usina) no centro da cidade, das 07:00 às 13:00h, de segunda a sexta-feira, para legalização dos espaços ocupados por seus ente queridos, tendo em vista que será dada uma nova numeração a cada um desses locais.

Durante o fechamento de nossa matéria, entrevistamos a vendedora ambulante Cilene Rodrigues, que comercializa há mais de 15 anos, velas e flores na Praça da Saudade nesse período. Ela enfatizou que é nessa data que consegue ganhar mais um dinheirinho para arcar com suas despesas. Outra questão por ela levantada é o fato de ter sido advertida pela fiscalização, que não mais seria permitido comércio no local de vendedores que não estivessem cadastrados, para ela, isso deveria ter sido avisado com antecedência, pois pegou a todos de surpresa, tendo em vista que isso nunca lhe foi cobrado antes, mas agora precisou se cadastrar sob a ameaça de ser retirada do local assim como os demais ambulantes que lá estavam.

É também nesse dia que varais pessoas aproveitam para tentarem vender lanches e refrigerante, entre outros produtos que facilmente podiam lá ser encontrado. 

Fonte: RSE Notícias

Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2017
back to top