quarta-feira, setembro 06, 2017

Feira de Santana: Galos gigantes podem custar até R$ 5 mil em estande na Expofeira

 quarta-feira, setembro 06, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Já imaginou um galo de 1,18 m e que custa R$ 5 mil? O estande com galos e galinhas gigantes é uma das atrações da 42ª Expofeira de Feira de Santana, que ocorre até o próximo dia 10, no Parque de Exposição João Martins da Silva.

O proprietário do estande, Hélio Borges, é dono de uma fazenda no município de Araçás, especializada na raça de galos e galinhas chamada índio gigante. Segundo ele, um galo comum mede entre 60 e 80 centímetros. Já os animais produzidos nessa raça chegam a mais de um metro de altura e 14 ovos custam R$ 150.

“No Brasil, o maior galo tem 1,25m. Aqui no estande eu tenho um de 1,18m. Chega a pesar entre 9 e 10 quilos. O segredo dele é que na fase de pintinho, com poucos dias de vida, temos que tomar um pouco mais de cuidado. É uma ave quente e precisa de uma área que tenha calor. Fora isso pode-se criar como se cria a galinha caipira”, informou Hélio Borges.

Ele ressalta, no entanto, que os ovos produzidos pela raça índio gigante não são para consumo, e sim para serem chocados. “Se a pessoa tiver sorte e cuidado pode ter um galo de 1,15m a 1,18m, que custa na faixa de R$ 5 mil. Depende de saber criar e manejar direito. Se você compra 14 ovos e tem sete, o investimento já se pagou. Um pinto custa R$ 70 e se nascerem sete dá R$ 490. Já se pagou a dúzia de ovos”, explicou o criador.

Os frangos custam a partir de R$ 450 podendo chegar a R$ 5 mil de acordo com o tamanho. São animais especiais, que se cruzados com galinhas comuns, gerarão filhotes diferenciados. “Você não está comprando um galo comum e sim uma genética. Frangos, filhos de galos que vão trazer bons frutos”.

Hélio Borges afirma que esta é a quinta vez que ele participa da Expofeira em Feira de Santana. E na Bahia, ele é pioneiro na criação dessa raça de galos. No estande dele há ovos galados, matrizes, galinhas reprodutoras, entre outros produtos.

“Trouxemos o índio gigante há mais de 10 anos para a Bahia. E estamos oferecendo a pessoas que queiram criar, donos de chácaras e sítios, que desejam reproduzir nossa genética, que vai proporcionar grandes frutos, cruzando nossos galos com suas galinhas comuns para terem grandes aves também. Esse trabalho é feito há muitos anos e a origem dele é de Minas e Goiás”, disse.

Fonte: Acorda Cidade

Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2017
back to top