quinta-feira, agosto 03, 2017

Vitória bate a Ponte Preta e volta a vencer no Barradão após quase dois meses

 quinta-feira, agosto 03, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Se foi a mudança de técnico que deu ânimo extra ou o sal grosso espalhado nos gols do Barradão que deu sorte, pouco importa. O Vitória fez bonito. Foi libertador. Teve gol no primeiro minuto, time jogando bem e o melhor: o torcedor saiu com um sorriso do estádio. O grito, enfim, saiu da garganta. Após cinco jogos sem vencer, o Leão bateu a Ponte Preta por 3×1. Não deu nem tempo para se aquecer, sentir o clima do jogo ou se acomodar na arquibancada. 

Quando o relógio marcava apenas um minuto de jogo, falta para o Vitória. Neilton cobrou, pela direita, e colocou a bola na cabeça de Santiago Tréllez. O colombiano só teve o trabalho de empurrar e fazer seu primeiro gol com a camisa rubro-negra. Confiante, o Vitória não se acomodou. Aos 12, fez mais um. Juninho, que fez sua estreia na rodada passada, cruzou para a área e o zagueiro pontepretano Rodrigo escorregou. Bem posicionado, Neilton aproveitou e sozinho, ajeitou com a barriga e, de canhota, fez o segundo gol do jogo. Calma. O placar não foi murcho. O terceiro gol veio aos 35. Em arrancada sensacional, David ganhou de todo mundo na velocidade e tocou para Tréllez, que mandou uma bomba de direita sem chance para Aranha. Que primeiro tempo, amigos! O segundo tempo também começou com gol, mas da Ponte. Gol, não. Um golaço. Aos 3 minutos, Elton, cria do Vitória, mandou uma pancada do meio da rua, Caíque se esticou todo, mas não alcançou a bola. Como era esperado, o Leão voltou para o segundo tempo menos intenso. Sem conseguir repetir a bela atuação da primeira etapa, tomou um grande susto aos 18 minutos, quando Danilo Barcelos roubou a bola de Yago e tocou para Lucca, que tabelou. O lateral chutou a bola em direção ao gol e Caíque fez milagre. Apesar do susto e da pressão da Ponte Preta, nada foi capaz de estragar a noite que era do Vitória. Além de vencer bonito, por 3×1, o time do técnico Vagner Mancini chegou aos 16 pontos na tabela e, de quebra, deixou um incômodo jejum para trás. O rubro-negro, que estava há cinco rodadas sem vencer, chegou ao seu segundo triunfo como mandante na competição. A última vez tinha sido em 11 de junho, quando ganhou do Atlético-MG por 2×0.

Fonte: Correio 24hrs / Foto: EC Vitoria

Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2017
back to top