quarta-feira, agosto 16, 2017

Professores entram em greve e escolas públicas ficam sem aulas em Cardeal da Silva

 quarta-feira, agosto 16, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

A greve iniciou na manhã desta segunda-feira em toda rede municipal de ensino de Cardeal da Silva.

Ainda segundo informações o movimento foi deflagrado por tempo indeterminado por conta de acordos que não foram cumpridos por parte do poder executivo local. Confira o desabafo de uma servidora:

"Como disse o advogado da APLB na rua hoje, o secretário nunca se fez presente. Desde janeiro a categoria vem dialogando com a prefeita, mesmo assim, foram feitas apenas duas reuniões, pois ela sempre desmarcava ou não respondia aos ofícios. 

Nunca foi pedido além do que a administração pode conceder, acreditou-se na palavra da prefeita na mesa de negociação que ela e mais outras pessoas participaram.

Pagamento em dia não é favor e, sim dever, pois para quem tem interesse de continuar se reelegendo, se não pagar terá as contas reprovadas não é mesmo?

A categoria há muitos anos recebe a remuneração em dias. A prefeitura agora, mas do que nunca possui recurso, afinal vai trabalhar com meio milhão a mais por mês. 

Quanto a Lei aprovada, para quem participa das reuniões, tem conhecimento de que o projeto sofreu alterações. Se leu o ofício vai ver que a resposta do secretário não atende às solicitações propostas em assembleia. 

Informação é necessária. O reajuste dos demais servidores acontece de acordo com o salário mínimo e reflete nas gratificações que os mesmos possuem. A luta agora não é apenas pelo acordo não cumprido pela gestão, mas também para não se perder a dignidade de lutar pelo direito que assiste o servidor. 

Por falar em reajuste, já foi concedido os dos demais servidores da administração ou continua com gratificações temporárias? O último reajuste foi o ano passado não foi?

Inclusive a tabela salarial que envolve todos os servidores da educação foi retirada do projeto de lei. Ou seja, os servidores como zelador, merendeira, porteiro, assistente dentre outros que possuem nível superior ficou sem a atualização do salário base porque a tabela atualizada foi retirada. 

Mas, se a administração quer valorizar o servidor não precisava demorar tanto para pagar o que acordou nas duas reuniões''. Disse em uma rede social.

Fonte: Entre Rios Notícias


Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2017
back to top