segunda-feira, agosto 28, 2017

Para desobstruir calçadas, prefeitura ordena relocação de feirantes da Senhor dos Passos em Feira de Santana

 segunda-feira, agosto 28, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Os feirantes que comercializam na calçada da Avenida Senhor dos Passos e da Praça Bernardino Bahia (Praça do Lambe-lambe), no centro de Feira de Santana, foram relocados para o espaço Feira Verde, na manhã desta segunda-feira (28), com o apoio da Guarda Civil Municipal.

Os agentes iniciaram a operação durante a madrugada orientando os ambulantes a se organizarem no local demarcado pela prefeitura com o objetivo de desobstruir as calçadas, principalmente em pontos de ônibus.

A organização faz parte do projeto Pacto Pela Feira, coordenado pela Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, com o objetivo de requalificar o centro comercial. O projeto foi lançado no dia 25 de fevereiro de 2013.

O inspetor da guarda Municipal Reginaldo Pinto disse ao Acorda Cidade que a ação ocorreu de forma tranquila.

“Para garantir a organização no local estamos relocando o pessoal. No local, há pontos de ônibus, e a presença dos ambulantes impede a fluidez da passagem dos pedestres, as pessoas se queixam inclusive de carrinhos de mão batendo nas pernas. Graças a Deus, está ocorrendo tudo de forma tranquila. Há espaços demarcados na praça que têm capacidade para abrigar todos os autônomos que foram relocados, são 100 vagas. Era um estacionamento que a prefeitura cedeu, mas os feirantes passaram a usar o local como depósito e saíam para vender no meio da rua”, informou o inspetor.

Alguns vendedores ambulantes se manifestaram contra a relocação. Segundo eles, o espaço Feira Verde é pequeno e não cabe todos os feirantes que ficavam na Senhor dos Passos.

Manifestação

A feirante Lívia Maria Cerqueira Azevedo, 38 anos, que comercializa há mais de 25 anos na Senhor dos Passos, discorda da ação. Ela disse que na Feira Verde cada vendedor só tem direito a um metro e os que ficam na parte de trás saem prejudicados. "Eu tenho dois filhos pra sustentar e a gente quer que eles arrumem a gente aqui ou abra a praça, que não está servindo pra nada", afirmou.

Outra vendedora Joabia Menezes Rangel, 27 anos, justificou que muitas pessoas trabalham ali para não retornar ao mundo do crime e disse que os ambulantes não podem ficar no prejuízo. Priscila Alexandrina Oliveira, 23 anos, também disse que o espaço na Feira Verde é insuficiente e sugeriu que a prefeitura arrumasse a calçada para os feirantes trabalharem.

O diretor da Defesa Civil, Pedro Américo, esteve no local da manifestação representando a Secretaria de Prevenção à Violência (Seprev). Ele disse que conversou com os feirantes e que a prefeitura está buscando uma solução.

"A gente pediu aos feirantes que desobstruíssem uma parte da via. Os feirantes colocaram algumas propostas e à medida que a negociação for ocorrendo as coisas vão acontecer. Mas o objetivo da prefeitura é que esse processo de organização do centro da cidade aos poucos deve acontecer. É uma situação que envolve várias famílias, mas também a população entende que a gente precisa fazer a regularização do centro da cidade. Eles querem permanecer onde estão, mas a gente sabe que para a cidade é inviável", .afirmou Pedro Américo.

Fonte/Foto: Acorda Cidade

Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2017
back to top