terça-feira, agosto 29, 2017

Homem preso em Aracaju já matou cerca de 50 pessoas em Feira, diz delegado

 terça-feira, agosto 29, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

O rei de copas do baralho do crime da Secretaria de Segurança Pública, Leone Santos Costa, conhecido como Leone do Pânico ou Leone do Pela Porco, de Feira de Santana, continua preso no presídio de segurança máxima de Aracajú (SE). Ele foi autuado em flagrante na madrugada de sábado (26), após uma tentativa de homicídio em um bar e teve a prisão preventiva decretada.

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, Leone é líder de uma facção criminosa em Feira de Santana e estava sendo procurado pela polícia há muito tempo. Ele disse ainda que Leone é acusado de participação em cerca de 50 assassinatos em Feira, inclusive de uma chacina na Portelinha, no bairro Pedra do Descanso, no dia 21 de agosto de 2016. 

“Ele foi preso numa tentativa de homicídio em um bar, onde atirou contra uma mulher. Um segurança reagiu, e ele atirou contra o segurança também e conseguiu fugir, mas a população ateou fogo no carro dele e acionou a policia, que fez um cerco e conseguiu prendê-lo. Leone foi encaminhado para a audiência de custódia, foi representado pela prisão preventiva e ficou preso em Aracaju por conta deste crime lá”, relatou o delegado ao Acorda Cidade, informando que caberá à Justiça decidir se ele será transferido ou não para Feira de Santana.

Gustavo Coutinho informou ainda que pelo menos quatro homicídios registrados no mês de julho, em Feira, têm autoria atribuída a ele. Neste mês outros três.

“Só no mês de julho, eu conto cerca de três ou quatro homicídios atribuídos a Leone. No dia 28 de junho, ele realizou um tiroteio no bairro Aviário e feriu duas mulheres. Ele foi o mandante do homicídio de uma mulher de prenome Cristina, no Pela Porco, mandou matar um indivíduo no bairro Mangabeira, no dia 25 de agosto; ele foi o mandante também do crime no dia 03 de agosto que teve como vítima um indivíduo chamado Galeguinho, e estimo que cerca de 40 a 50 homicídios são atribuídos a Leone e o grupo dele. Com a prisão dele vai diminuir bastante os homicídios em Feira por algum tempo, embora nas facções outros líderes assumem e as rivais continuam matando ainda em Feira de Santana. Por isso a polícia precisa ficar sempre atenta às mudanças no mundo do crime, porque a qualquer momento outro pode assumir o lugar dele", concluiu.

O coronel Adelmário Xavier, comandante do Policiamento Regional Leste (CPRL), disse que a polícia está atuando para anular não apenas as ações de Leone, mas de todo o grupo dele.

"Ele é um cara muito violento, perverso, mas a gente sabe que quando um sai de campo outro assume imediatamente, e é por isso que neste momento já temos todos os elementos que fazem parte da quadrilha de Leone e já estamos trabalhando em cima destes outros para ver se a gente consegue também tirá-los de circulação. Ele foi preso em flagrante em Aracaju. O juiz de lá transformou a prisão em flagrante em prisão preventiva e ele deverá pagar pelo crime por lá e ficar vindo para Feira para ser ouvido, para responder pelos crimes praticados aqui”, disse o coronel elogiando a atuação do delegado Gustavo Coutinho como titular da DH e a parceria entre a Polícia Militar e Polícia Civil em Feira de Santana.

Fonte: Acorda Cidade

Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2017
back to top