segunda-feira, agosto 28, 2017

Feira de Santana: Mulher induz criança a roubar aparelho celular em estabelecimento comercial

 segunda-feira, agosto 28, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Uma mulher, que ainda não foi identificada, induziu uma criança de aproximadamente 10 anos a roubar um aparelho celular em uma loja de laticínios em Feira de Santana.

A ação foi filmada pelas câmeras de segurança do estabelecimento. O caso aconteceu no dia 17, mas as imagens só foram divulgadas no sábado (26). Ainda não há informações se há parentesco entra e mulher e a criança.

Na gravação é possível ver que a dona do aparelho, a psicopedagoga Dilma Pereira, deixa o telefone em cima do balcão enquanto paga as compras. Logo depois, a mulher chega com a criança e observa o objeto. Ela estava acompanhada de outra mulher.

Dilma volta para perto do local onde deixou o celular. A suspeita faz degustação de queijo e orienta a criança a pegar o celular. O garoto pega, aparentemente desconfiado, mas volta e coloca no mesmo lugar. Já na calçada, a mulher manda ele pegar novamente. A criança pega e os dois vão embora.

Dilma só percebeu que estava sem o telefone quando chegou no carro. "Eu pedi para o taxista que estava na porta pegar, falei ‘moço, pegue esse celular aí que eu esqueci aí na loja’, aí ele falou ‘moça, o celular que estava aqui agora, passou uma moça com uma criança, disse que o celular era dela, mandou a criança pegar e levou’, aí eu desci do meu carro e fui conversar com a dona do estabelecimento", explicou.

Ela registrou a ocorrência na delegacia e divulgou o vídeo nas redes sociais, na esperança de recuperar o aparelho, que custou R$1.200, além dos arquivos de trabalho que estavam no telefone. O G1 tentou contato com a Delegacia de Furtos e Roubos mas as ligações não foram atendidas.

A conselheira tutelar Lídia Marques explica que além de responder pelo furto, a mulher deverá ser penalizada por usar a criança na prática de um crime.

“A criança deve ser encaminhada para o Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), para atendimento psicossocial. Com relação à mulher, o Ministério Público é quem vai tomar as providências cabíveis, ou a delegacia, caso a ocorrência já tenha sido registrada em uma", explicou.

Fonte: G1

Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2017
back to top