terça-feira, julho 25, 2017

Negócio da pesada”: Polícia Civil decreta “falência” de laboratório de drogas e apreende 30 quilos de cocaína em Itabuna

 terça-feira, julho 25, 2017  |  Redação PAN  Notícias do Estado da Bahia

Aparentemente, era apenas uma casa, como tantas outras situadas na Travessa Dois de Julho, no bairro Conceição, em Itabuna. Mas, lá dentro, tudo era diferente: a começar pelos móveis: uma prensa gigantesca dava entender que ali também funcionava uma espécie de empresa familiar.

No entanto, o negócio pertencia a uma “família da pesada”. Isso mesmo! À família do tráfico. Tal prensa integrava a lista de objetos de um laboratório de drogas, que foi à “falência” no final da manhã desta terça-feira (25), após uma operação da Polícia Civil, comandada pelo delegado André Aragão, coordenador da 6ª Coorpin.

Agentes como o experiente Lúcio Serra participaram da ação, que apreendeu, nada menos, que 30 quilos de cocaína pura. A droga ainda passaria pelo processo da “multiplicação” para só, então, ser distribuída entre as “bocas de fumo”.  Segundo o delegado, o “empreendimento do tráfico” já vinha sendo investigado pelo Serviço de Inteligência da Polícia Civil há, aproximadamente, seis meses.  

 “Materializamos toda a investigação. Foi um baque financeiro muito grande para esta associação criminosa. Futuramente, deflagraremos uma operação de prisão desses indivíduos, que determinam roubam de carros, de celulares, mandam matar”, disse o coordenador André Aragão, em entrevista à imprensa.

Embora a ação tenha sido um sucesso, sobretudo em virtude da grande apreensão, nenhum suspeito foi preso. Os acusados conseguiram fugir. Por outro lado, a polícia já tem o nome dos responsáveis pela refinaria e, agora, trabalha, na intenção de prendê-los.   

Material aprendido
Além da prensa hidráulica, que produz os tabletes de um a dois quilos de maconha ou cocaína, os policiais apreenderam substâncias como fermentos e solventes (que são adicionadas à cocaína), seringas, embalagens, peneiras e balanças de precisão.  

Veículos abandonados podem ter ligação com facção
Recentemente, a Polícia Militar apreendeu dois veículos, abandonados nas imediações dessa casa, onde funcionava o laboratório de drogas. Os carros – uma S10 e um Mitsubishi Outlander – localizados na Rua Duque de Caxias,  estavam com sem os forros das portas e dos tetos, sem os carpetes e sem os bancos traseiros.

O delegado não descarta a possibilidade de que tais veículos estejam relacionados a essa facção, cuja denominação ainda não foi divulgada para não atrapalhar o andamento das investigações.

Pelo jeito, este foi o ano das maiores apreensões de drogas e o coordenador destaca o trabalho de combate ao crime organizado, pivô de tanta violência e promete continuar transformando a “safra” dos traficantes na pior dos últimos tempos. “Até o final do ano vamos dar um basta nisso tudo”, adiantou Aragão.

Fonte: Verdinho Itabuna

Publicidade:

Compartilhe a Notícia


COMENTE COM SUA CONTA VIA FACEBOOK
ATENÇÃO: Todos os comentários passam por uma vistoria e só serão aceitos se estiverem cumprindo estas normas; Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.
Caro Leitor,

Este texto não reflete, a opnião do Portal Alagoinhas News, agradecemos sua visita, volte sempre.

Termo de Uso-Anuncie-Contato
Portal Alagoinhas News | O site de notícias de Alagoinhas - Bahia e Região!

Desenvolvido Por: Bloggertheme9

Copyright © 2012 - 2017
back to top